Pesquisar este blog

domingo, 30 de abril de 2017

História: Os primeiros habitantes da América.

Não se tem certeza ainda de há quanto tempo atrás os primeiros seres humanos chegaram no continente americano, mas o caminho percorrido está quase sendo um consenso entre os historiadores: as geleiras do Estreito de Bering, que liga a Ásia a América. Na época os dois continentes eram interligados por uma camada permanente de gelo (a era glacial ou era do gelo).
Saber quando a humanidade iniciou a ocupação da América não é tarefa fácil. Os primeiros grupos humanos não tinham a preocupação de registrar os acontecimentos. E mesmo os vestígios de suas atividades foram em quase sua totalidade destruídas pelo tempo. 

Desde o século XIX são feitos pesquisas arqueológicas no Brasil.
Saiba quais os principais sítios arqueológicos da América:
 - Itaboraí (Rio de Janeiro - Brasil); 
 - Lagoa Santa (Minas Gerais - Brasil);
 - Pedra Furada (Piauí - Brasil);
 - Lapa Vermelha (Minas Gerais - Brasil);
 - Lapa do Boquete (Minas Gerais - Brasil);
 - Santana do Riacho (Minas Gerais - Brasil);
 - Pedra Pintada (Amazonas - Brasil);
 - Santa Eliana (Mato Grosso - Brasil); 
 - São Raimundo Nonato (Piauí - Brasil);
 - Monte Verde (sul do Chile);
 - Clóvis (Estados Unidos);
 - Meadowcroft (nordeste dos Estados Unidos); 
 - Calico (California - EUA);

Leia o que foi encontrado em algumas delas:
 - Lapa Vermelha: foi encontrado o esqueleto mais antigo da América. Já se sabe que era de uma mulher e foi chamada de Luzia.
 - São Raimundo Nonato: com a análise de fósseis de plantas foi possível descobrir que a área tinha densa floresta tropical na qual habitava tigre dentes-de-sabre, cavalos, capivaras, preguiças e tatus gigantes, que poderiam ter sido animais que alimentavam os humanos (praticavam a caça). Foi identificada arte rupestre (arte feita nas paredes das cavernas). Foram encontradas fragmentos de fogueiras, machados, facas e raspadores. 
 - Caverna da Pedra Pintada: Foram encontrados fragmentos de objetos, pinturas rupestres, lascas de cerâmica, restos de fogueiras e de ossos de animais carbonizados.

No litoral brasileiro, os sítios arqueológicos são chamados de sambaquis, onde são encontradas conchas que abrigam vestígios dos antigos habitantes do litoral, como restos de esqueletos humanos, de cabanas e instrumentos de pedra. 

Vale ressaltar que quando os europeus chegaram ao continente americano no final do século XV, deram o nome dos habitantes da América de índios. Os índios não gostam de ser chamados assim. Preferem ser chamados de povos indígenas, pois com o nome índio parece que é um povo só que tem os meus costumes, mas, na verdade, não é, existem inúmeros povos indígenas, com língua, cultura e costumes diferentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário