Pesquisar este blog

sábado, 12 de maio de 2018

Literatura do Japão.

Alguns autores japoneses como Kazuo Ishiguro e Haruki Murakami são conhecidos do público brasileiro. Existem outros escritores japoneses que receberam o Prêmio Nobel de Literatura.

NATSUME SOSEKI (1867-1916): Já teve seu rosto impresso nas notas japonesas de mil yens.

YASUNARI KAWABATA (1899-1972): Primeiro Nobel de Literatura japonês, sua obra tem doses de poesia e prosa, com muita sensibilidade.

KENZABURO OE (1935): Autor de célebre ensaio sobre Hiroshima. 

FONTE: TAG.

HIROMI KAWAKAMI (1958): Obras empáticas, realistas e contemporâneas.

sábado, 14 de abril de 2018

Atualidade: Ataque na Síria.

Atualidades costumam cair em provas de concursos e vestibulares. E o assunto do momento é o ataque na Síria. Quer saber mais e ficar bem informado? Então acesse o blog http://tmnnoticias.blogspot.com

sexta-feira, 16 de março de 2018

Português: Análise sintática: Transitividade verbal.

VERBO INTRANSITIVO: são verbos que apresentam sentido completo. Não precisa de complemento.

Exemplos: 
O menino caiu.
Ele chegou.

VERBO TRANSITIVO: verbos que precisam de complemento, pois não tem sentido completo.

Exemplos:
O rapaz escreveu uma carta.
O menino pulou o muro.

ABREVIATURAS:
Em alguns livros didáticos, trazem abreviaturas de palavras usadas na análise sintática. Vou colocar aqui algumas para vocês estudarem:

Suj. - sujeito;
Pred. - predicado;
N.S. - núcleo do sujeito;
N.P. - núcleo do predicado;
S.S. - sujeito simples;
S.C. - sujeito composto;
O.S.S. - oração sem sujeito;
S.I. - sujeito indeterminado;
S.O. - sujeito oculto;
P.V. - predicado verbal;
P.N. - predicado nominal;
V.L - verbo de ligação;
Pred. do suj. - predicativo do sujeito;
VT - verbo transitivo;
VI - verbo intransitivo;

Nas próximas postagens colocarei mais abreviaturas.

Português: Análise Sintática.

Em outras postagens aqui neste blog, comecei a fazer um resumo sobre a análise sintática.
Comecei mostrando o que é uma frase, uma oração e um período, seguindo mostrei o que é sujeito, predicado, seus núcleos e classificações. 

Cliquem nos links abaixo para relembrar esses conteúdos:

Frase x Oração x Período:

Sujeito e Predicado:

Núcleo e classificação do sujeito:

Núcleo e classificação do predicado, verbo de ligação e predicativo do sujeito:

Antes de prosseguir o estudo da análise sintática, peço que estudem e revisem sobre as preposições, que serão muito utilizadas daqui para frente. 

Link Preposição:

Os próximos assuntos que iremos ver aqui, em Português, serão os verbos transitivos e intransitivos. 
Aproveite para relembrar e bons estudos !!!

segunda-feira, 5 de março de 2018

2018: o ano em que o TMN-Aulas de Reforço completa 15 anos.

2018: o ano em que o
TMN - Aulas de Reforço completa 15 anos.
05 de março de 2003, lá no meu Ensino Médio, nascia o TMN – Aulas de Reforço. De lá para cá muitas inovações aconteceram.
Primeiramente, as aulas foram dadas em minha casa no Morro do Bonfim. Com o passar dos meses, comecei atender todo o bairro Bonfim, em Angra dos Reis / RJ.
Passando-se os anos comecei o atendimento nas residências dos alunos aqui no bairro onde moro (Bonfim), pois era mais cômodo a eles e a seus responsáveis.
E mais pra frente comecei a atender em outros bairros de Angra dos Reis. Já tive alunos nos seguintes bairros: Jacuacanga, Camorim Grande, Morro da Caixa D´água, Nova Angra, Ribeira, Retiro, Marinas, Balneário, Parque das Palmeiras e Praia Grande. Atualmente atendo nos bairros Bonfim, Vila Velha, Centro e Morro do Carmo. Todos esses bairros em Angra dos Reis.
Em 2011, foi criado o blog do TMN – Aulas de Reforço, que traz resumos de conteúdos escolares para facilitar a aprendizagem, onde não precisa ser meu aluno para acessar. Todos que quiserem estudar para provas escolares, vestibulares, concursos, ENEM, etc..., podem acessar, comentar, compartilhar, tirar dúvidas.
É com o trabalho com as aulas de reforço que sobrevivo e é com esse recurso que mantenho os seis blogs que possuo, além do canal no youtube.
Agradeço a todos os(as) estudantes e seus responsáveis que acreditaram e acreditam no meu trabalho.
E vem novidade!!! Em breve, TMN - Aulas de Reforço gravado em vídeo. Aguardem!!!

 

TMN – AULAS DE REFORÇO.
HÁ UMA DÉCADA E MEIA FAZENDO VOCÊ FICAR MAIS INTELIGENTE.

domingo, 25 de fevereiro de 2018

FONEMAS e LETRAS: Vogais e Semivogais.

Até o 4º ano do Ensino Fundamental é ensinado para os(as) estudantes que as vogais são:

A - E - I - O - U

Para os estudantes a partir do 5º ano do Ens. Fundamental é ensinado que existem vogais e semivogais. Então para esses estudantes a partir deste nível, passa a ser o seguinte:

VOGAIS: A - E - O

SEMIVOGAIS:  I - U (geralmente)

As semivogais só acontecem se estiver junto com uma vogal na mesma sílaba. 

FONEMAS: é a representação da fala.

LETRAS: é a representação da escrita. 

Sobre as letras e fonemas, fiz postagem no ano passado.

Acesse o link e saiba mais:

http://tmnaulasdereforco.blogspot.com.br/2017/06/portugues-letras-e-fonemas.html

Português: Encontro consonantal.

Encontro consonantal são encontro de consoantes. 

Obs: A letra h não é consoante.

Existem encontros consonantais em mesma sílabas, como, por exemplo, nas palavras: brejo, cravo, clima, etc. Vou separar as sílabas destas palavras para vocês observarem.

brejo = bre - jo
cravo = cra - vo
clima = cli - ma

Reparem que br, cr e o cl estão na mesma sílaba.

E existem encontros consonantais em sílabas diferentes: absurdo, objeto, digno, etc. Observe:

absurdo = ab - sur - do
objeto = ob - je - to
digno = dig - n

Observem que bs, bj e gn estão em sílabas separadas. 

Palavras que tenham bl, br, cl, cr, dr, fr, fl, tr, pl, pr, gr, pn, bs, bj, gn, rd, etc, possuem encontro consonantal.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

2017: Cem anos da Revolução Russa.

Já se passaram 100 anos da Revolução Russa e este blog traz para vocês um resumo de como aconteceu essa revolução.
 
Revolução Russa.
Essa revolução aconteceu no ano de 1917 na Rússia.
A Rússia era um país de camponeses (mujiques) onde era governada por um czar (imperador). O czarismo se apoiava na Igreja Católica Ortodoxa Russa e na nobreza proprietária de terras.
O czarismo foi responsável pela pobreza no país e aí surgiram opositores a esse regime.
Uma das primeiras organizações foi a “Vontade do Povo” (narodniques) que acreditavam que a revolução contra o absolutismo na Rússia seria feita pelos camponeses.
Em 1898 surgiu o Partido Operário Social Democrata Russo (POSDR), que diziam que a revolução deveria ser feita pela classe operária.
Depois foi criado o Partido Socialista Revolucionário.
Todas essas organizações foram perseguidas pelo czar e muitos foram exilados.
Os exilados do POSDR se dividiram em dois grupos:
MENCHEVIQUES (minoria): Líder: Plekhanov. A revolução tinha que passar por uma etapa burguesa para chegar e destruir czar e depois o capitalismo tinha que alcançar o desenvolvimento. Defendiam montar um partido parecido com o Partido Social Democrata Alemão (liberdade política).
 
BOLCHEVIQUES (maioria): Líder: Lênin. A revolução tinha que passar por uma etapa burguesa para chegar e destruir czar e depois o socialismo tinha que alcançar o desenvolvimento. Defendiam organizar um partido clandestino (disciplina rigorosa).
Domingo sangrento: foi na guerra entre Rússia e Japão que ocorreu em 1905, devido ao sistema czarista. A guerra foi para o domínio da Coreia e da Manchúria. A Rússia foi derrotada. Durante essa guerra houve greves e manifestações programadas para 09 de janeiro (domingo) em São Petersburgo. Foram para o Palácio de Inverno, de forma pacífica, para reivindicar direitos e os soldados começaram a tirar contra a multidão. Centenas de pessoas morreram e outras centenas ficaram feridas. Esse episódio ficou conhecido como Domingo sangrento.
A partir daí, as greves aumentaram e o movimento foi até 1906. Os operários foram liderados por Trotsky e se organizaram em grupos chamados SOVIETES (conselhos, em russo).

Depois disso, foram reprimidos pelo regime até 1915.
Em 1914, a Rússia entra na Primeira Guerra Mundial e isso instigou as manifestações populares contra o czar. 
 
Em fevereiro de 1917, as tensões chegaram ao seu ponto máximo. Estava havendo racionamento de alimentos e isso revoltou a população.  No dia 23 de fevereiro de 1917 começaram as grandes manifestações. Três dias depois, começaram os choques entre as tropas do governo e o povo.  Houve dezenas de mortos e feridos.  Mas, chegou um momento, pelas circunstâncias, os soldados se juntaram a população e começaram a protestar também.  O Palácio de Inverno foi invadido pela população e a bandeira do império foi substituída por um pano vermelho. Era o fim do absolutismo, o fim do czarismo.  No dia 1º de março, o czar renuncia e formou-se um governo provisório e prometeu-se formar uma assembleia constituinte.  Os sovietes ressurgem, principalmente o de Petrogrado.
Em julho de 1917, houve manifestações para que os sovietes assumissem o poder, como propusera Lenin. Mas o soviete de Petrogrado recuou e apoiou o governo a conter a rebelião. Lenin teve a prisão decretada, mas fugiu para Finlândia, e de lá acompanhou tudo.
Já de volta a Rússia, de forma clandestina, Lenin conseguiu a presidência do conselho de comissários do povo, que era composta apenas por bolcheviques.
Ao mesmo tempo, representantes do antigo governo provisório começaram a organizar uma contra revolução, liderando os setores que os opunham aos bolcheviques.
A partir daí, a Rússia ficou dividida em dois grupos iniciando uma guerra civil:
EXÉRCITO BRANCO: Compostos por jovens ricos. Receberam apoio da Alemanha, do Japão, da Inglaterra e dos Estados Unidos, pois o novo regime era uma ameaça para o capitalismo.
EXÉRCITO VERMELHO: Comandado por Trotsky e composto por soldados, operários e camponeses.
Para se manter no governo foi criado o comunismo de guerra, que era um conjunto de medidas econômicas e políticas destinadas a garantir a continuidade do poder. A Rússia já estava com a economia arrasada e com a guerra civil ficou mais arrasada ainda.
Em 1918, os bolcheviques viraram partido comunista e em 1921 proibiu a existência de outros partidos.
Em 1922, os inúmeros povos pertencentes ao antigo império de czar formaram a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), já sob total direção dos bolcheviques.

TMN COIN 30 - #L09 - Livro: Marley & Eu (John Grogan)